quinta-feira, 31 de março de 2011

Crises?


Tenho a mania de guardar as partes de variedades do Jornal de domingo para ir lendo durante a semana como uma Revista. E hoje acabei de ler a reportagem de um jovem que acaba de fazer trinta anos e diz que está feliz! O jornal fala disso como se fosse uma coisa do outro Mundo... Caraca!  Ele não está em crise...
Eu aos trinta também não tive crise, para falar a verdade não tive crise em idade nenhuma.
Vou falar mais um pouquinho de mim.
Aos 15 anos casei, tive o primeiro filho aos 17, o segundo aos 20, o terceiro aos 25 e o quarto aos 35 anos (nesta época mudei de um lado da cidade para outro) morei minha vida toda no Bairro do Flamengo e fui morar na Ilha do Governador. Cadê crise de adolescência, vinte, trinta (balzaquiana) , quando fiz quarenta tinha um filho de cinco anos para cuidar, além de um adulto e os outros na Arborrescência, todos precisavam de mim, cada um a sua maneira e com as necessidades da época deles, não parei de viver pelo contrário nossa vida, minha e de Walter se tornou a cada dia mais interessante.
E não era somente trabalho e cuidados não. Havia os Passeios, Férias e Praia muita Praia! Isto em relação a eles, porque eu e Walter também nos divertíamos muito; amigos, bailes e Samba! Sem contar as viagens Nacionais e Internacionais (a Varig nos proporcionou) que foram muitas, olha só a bagunça desta Família. Até hoje estas lembranças nos confortam e mais que tudo nos alegram, rimos como se tudo tivesse acontecido ontem.
Aí... Aos meus 54 anos, Walter teve o AVC, já se passaram sete anos e cadê a crise? Se tiverem a curiosidade de fazer as contas verão que eu passei batida nos Inta e Entas, não tive tempo de vê-las e nem elas a mim. Devem ter olhado e pensado não vou fazer sucesso, Ela quer ser Feliz, esta mulher é Muito Louca!
Como já disse em outra vez, tive algumas dificuldades, mas nada que achasse não ter jeito, afinal a vida é isto. Dentro de mim mora uma mulher de vinte anos, definitivamente não terei crise nenhuma.
Ser Feliz é o que interessa o resto não tem pressa! Alguém já disse isto e concordo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário