sábado, 15 de janeiro de 2011

Dia ou será Noite de Folga?

Estou entrando neste momento na Net, fiquei todo o dia fora. Resolvi dar uma folga para a minha cabeça e o meu coração. Muita  tristeza com o que aconteceu e está acontecendo no Rio de Janeiro e em outros Estados. Preciso de um alívio, estou saindo. Vou assistir uma boa comédia e depois assistir o BBB, isto mesmo gosto de ver o BBB.
Não tenho preconceito, sou adepta do não gostou? Muda de Canal.
Tô saindo fora!
Que dias melhores nos encontre na Cidade Maravilhosa.
Boa Noite! 

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Destruição.

Nova Friburgo - Mesmo lugar, antes e depois.

                                                                         Fonte iG

A Tsunami da Serra do Rio de Janeiro.


Não posso mudar de assunto. Por quê? Todos se perguntam.
A cada momento, o número de  mortos aumenta, e deverá aumentar mais e mais segundo, moradores e autoridades. O Salvamento de uma senhora foi tristemente emocionante, é muito bom saber que a solidariedade passa por cima de classes sociais.
E hoje, em cada estação de Rádio e TV em que ela dava entrevista, agradecia a Deus por estar viva e emocionada  lamentava a perda do cãozinho, dizendo: O olhar triste dele não sai da minha mente.
Quando eu era criança e depois meus filhos também, amávamos brincar na chuva , quanto mais forte melhor, morávamos em uma ladeira no Catete e chegávamos a descer em pedaços de madeira como um carrinho de rolimã.
E já a algum tempo choveu...desespero bate! 
Compaixão aos que estão sofrendo perdas irreparáveis como seus parentes e amigos.E força para que recomecem.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Petrópolis, Teresópolis, Friburgo, etc...

Chuva espalha destruição na Região Serrana do Rio de Janeiro

Só em um bairro de Friburgo, foram confirmadas 59 mortes.
Número total de mortos na região subiu para 271 pessoas.

Carolina Lauriano, Aluizio Freire e Thamine Leta 
Do G1 RJ, em Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis 
Imagem área mostra devastação em área de Nova Friburgo (Foto: Marino Azevedo/Governo do Estado do Rio de Janeiro)
Foto da Capela de Santo Antônio, na praça do Suspiro, antes da tragédia
Foto: O Globo
Após fortes chuvas em Nova Friburgo, capela fica completamente alagada
Foto: AFP
Pessoas choram a perda de seus parentes e amigos durante a tragédia

Lamento, Tristeza, 
 Dor que não se cala.
Não procure os culpados,
Vence a dor que te abala.
Ana
Minha solidariedade, as vítimas desta tragédia, tragédia anunciada todos os anos.
Falta de cuidado das autoridades e imprudência do Povo.
È preciso temer para se cuidar. A tragédia não escolhe ninguém ela é democrática.Terrivelmente Democrática!


quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Sem Palavras!
A geladeira da Samsung é perfeita para os internautas 'assaltantes de geladeira' (Foto: Divulgação)
De que vale tanta tecnologia se ela não nos oferecer aquele algo mais? Mesmo porque, todo fanático por tecnologia gostaria de ter em sua casa produtos que vão além daqueles que os 'demais mortais' possuem. Pensando nisso, a Samsung perguntou: Que tal você ter uma geladeira que atualiza o seu Twitter, toca músicas do Pandora, acessa o seu Google Calendar e se conecta à internet pelo Wi-Fi?
Esse produto irresistível pode ser visto em ação durante a CES 2011, em Las Vegas, no stand da Samsung. O modelo RF4289 foi revelado já em estágio totalmente funcional, referindo-se ao novo produto de seu portfólio como "um refrigerador conectado", com recursos inteligentes que podem ser acessados pela sua tela de toque de 8 polegadas.
Entre as suas principais virtudes, a RF4289 pode registrar anotações de todos os membros da família, acessar os dados do Google Calendar de forma individual, para cada um dos moradores da casa, e consultar a previsão do tempo e temperatura de sua cidade.
Algumas configurações da geladeira, como o controle de sua temperatura interna, também podem ser ajustados pela pequena tela externa.
Outra grande vantagem dessa geladeira da Samsung é que, como ela está conectada à internet, a dona de casa que estiver indecisa sobre o que vai fazer para o almoço ou jantar pode fazer uma consulta rápida ao site Epicurious.com na tela. O serviço, que já vem com um aplicativo pré-instalado, possui uma série de dicas rápidas de culinária e receitas completas, ideais para dar uma variedade no cardápio da família.
Por fim, a geladeira também chama a atenção por seu acabamento refinado.
A geladeira da Samsung chegará no mercado em abril de 2011, custando módicos US$ 3,299. Não custa sonhar.
Eduardo Moreira Para o TechTudo

Além, das facilidades que dá para quem como eu é viciada em Internet e não pode se afastar dos afazeres.Do dia a dia, ainda me seduz com o convite: Assalte a geladeira à noite, e. Continue gorda!
Não tenho com o que me preocupar, enquanto a Geladeira é sedutora o preço me afasta, e aí?
Tô fora!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

MENGÃO E RONALDINHO.

Momento da assinatura do contrato de Ronaldinho com o Fla (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Ronaldinho e Patricia Amorim juntos pelo Fla
(Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem

 Primeiras horas de Ronaldinho no Fla têm churrasco, cantoria e empolgação.

Assinatura do contrato foi em churrascaria onde houve confraternização pelos 40 anos do irmão e empresário Assis

Caras e Coroas, agora é acreditar que tudo está ficando em seu lugar. Fazer orações para afastar o mau-olhado ...Thiago Neves está vindo ai também , e o Olho Gordo não perdoa.

Acredita Nação!

Este é o "NOSSO" Ronaldinho.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

WIKILEAKS,VARIG E A MINHA DECEPÇÃO!


Aqui no  Brasil, aos seus compatriotas, não houve uma explicação até agora.
Foi preciso haver o Escândalo do WIKILEAKS, para que começasse aparecer os podres de várias partes do mundo. E que surpresa decepcionante! 
Estávamos  no Topo. Nós os Ex Funcionários, Aposentados e Pensionistas da Varig, não sabíamos que estávamos sendo protagonistas de uma novela infame, e que era patrocinada por quem deveria nos defender. O Governo de um Trabalhador que não quis ajudar a outros trabalhadores. Nós não éramos donos da Varig, nós a colocávamos voando e levando o nome do Brasil para todo o Mundo, então não era necessário dizer que (pobre não anda de avião), é verdade nós colocávamos o avião para voar e levar esses parasitas. E o que é pior as nossas custas.
Desengano maior o meu porque confiava até este momento, que existia neste Governo do Lula, uma pessoa que era honesta e leal ao povo brasileiro, mas que nada...
Farinha do mesmo saco e pior sempre com um sorriso bonachão no rosto. 
Ah! Vice Presidente José de Alencar,me enganei com o senhor mais mesmo assim que Deus o abençoe!



Varig a morte anunciada!

Para EUA, Varig ficou à mercê de conveniências políticas, revela WikiLeaks
Agonia da companhia aérea foi acompanhada de perto pelos diplomatas americanos. Eles criticam a indecisão do governo em uma série de 13 telegramas da Embaixada dos EUA

Concentrado em ajustar gastos e impulsionar os investimentos nos programas sociais, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva não "pensava nem desejava" montar um plano de salvamento para a Varig, que no final de 2004 ainda era a maior companhia aérea do país, mas já apresentava sérios problemas que ameaçavam sua sobrevivência. Apostava-se então no governo, numa solução de mercado. No ano seguinte, 2005, quando a situação só piorava, o governo tentou ajudar, apoiando uma saída pela iniciativa privada. Mas quando ficou claro o risco real de quebra da empresa, que colocaria na rua seus 20 mil empregados, a ficha caiu.
saiba mais
Pressionado pelos credores da Varig, entre eles Petrobras e Infraero, o governo decidiu intervir. Mas com a eclosão do escândalo do mensalão, no primeiro semestre de 2005, e a proximidade do ano eleitoral de 2006, as ações relacionadas à Varig passaram a ser tomadas ao sabor das conveniências políticas, selando o destino de uma empresa que durante anos foi um dos ícones do país no mundo.
A agonia da Varig foi acompanhada de perto pelos diplomatas americanos, que criticaram a indecisão do governo, segundo uma série de 13 telegramas da Embaixada dos EUA enviados ao Departamento de Estado americano e divulgados ao O Globo pelo site WikiLeaks. A correspondência foi trocada entre 2004 e 2006, auge da crise da Varig e do escândalo do mensalão. Numa dessas correspondências, o ministro conselheiro da Embaixada dos EUA em Brasília, Phillip Chicola, descreve detalhadamente as situações de Varig e Vasp - que pararia de voar no início do ano seguinte - e diz que apesar dos rumores de que sairiam em socorro da empresa, as autoridades nada faziam.
A explicação "retórica" dada por "uma fonte do Planalto" é citada: "porque um governo dirigido por um presidente de partido trabalhista deveria subsidiar uma empresa mal administrada que serve à elite (os pobres não tem dinheiro suficiente para voar) enquanto não subsidia outros meios de transporte mais usados pelos trabalhadores (ônibus e metrô)".
Escolha de ex-genro de FHC "teria precipitado fim"
O ex-vice presidente José Alencar, então Ministro da Defesa, é citado por ter definido a situação da empresa como um "horror". Num telegrama classificado como "confidencial", de junho de 2005, o embaixador dos EUA no Brasil, John Danilovich, descreve as tentativas que vinham sendo feitas para equalizar as dificuldades da Varig.
"Enquanto o vice-presidente José Alencar, a principal autoridade tratando do caso Varig, hesita entre socorrer a companhia e deixar que 'o mercado resolva a situação', a escolha dos novos diretores da empresa pode ter precipitado seu fim, no seu resgate", adverte Danilovich, referindo-se à nomeação de Davi Zylbertajn, para presidir o conselho de administração da companhia, que além de ex-genro do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso seria muito próximo ao PSDB.
Nessa fase, em que a Fundação Rubem Bertta se afastou da direção da empresa e contratou profissionais da iniciativa privada, como Henrique Neves (ex-Telemar) e Omar Carneiro da Cunha (Ex-executivo-chefe da Shell no país), o governo Lula, segundo os telegramas, concordara em pagar US$ 1 bilhão à Varig para encerrar o processo que a empresa movia na Justiça contra o governo.
"Lula pode ter determinado a seu pessoal que trabalhe no resgate da empresa, mas diante de todos os problemas e interesses será uma tarefa espinhosa, especialmente com as preocupações crescentes das principais autoridades do governo com o escândalo de corrupção em curso", escreveu o embaixador, no final do telegrama.
Governo acusado de manter processo encalhado
Numa correspondência de outubro daquele ano, Danilovich mostra-se surpreso com o recuo do governo, que decidiu não mais liberar US$ 1 bilhão da sua dívida com a Varig, que antes fora apresentada como "essencial à sobrevivência da empresa". Na missiva, o diplomata indaga: "Governo brasileiro intervém na Varig: muito pouco, tarde demais?", ou "Morte lenta ou sopro da morte?".
Danilovich conta que o polêmico fundo americano Matlin Patterson, que havia apresentado uma proposta de comprar a VariLog por US$ 130 milhões, vinha sendo chamado de "abutre" pela imprensa local. E cita a observação de um "contato" da embaixada. "É irônico que o Matlin Patterson seja considerado abutre quando o BNDES oferece somente US$ 103 milhões para a compra, além da VariLog, a VEM (a empresa de engenharia e manutenção da Varig) e pelo Smiles (programa de milhagem)".
Às véspera da reeleição de Lula, em 2006, quando a Justiça do Rio protelava decisões sobre o leilão, e as operações da Varig, então protegida pela Lei de Falências, entrava em colapso e o governo mais confundia do que ajudava a resolver o imbróglio, um oficial da embaixada fecha uma longa descrição do quadro. Antes, Philip Chicola, diplomata que assina o documento, diz que o juiz Luiz Roberto Ayoub, da Primeira Vara Empresarial do Rio, que cuidava do caso, estava "matando a Varig com gentileza". Para concluir: "Está incrivelmente claro que as pressões do governo neste ano de eleição são a única coisa capaz de manter este processo 'encalhado'.


 

domingo, 9 de janeiro de 2011

HUMOR. Não vai dar para esconder!



Um simples cruzar de braços, uma enrugada na testa, um olhar atravessado ou o tom de voz podem revelar muito sobre o nosso humor, não é verdade? E se a cor dos lábios também fosse capaz de expressar nosso estado de espírito? A gente já mostrou AQUI esmaltes que mudam de cor de acordo com o que você está sentindo, mas agora é vez de o batom entrar na onda dos cosméticos sentimentais.

A linha de batons do humor, da Urban Outfitters (entrega no Brasil!), se chama Mood Lipstick. Eles mudam de cor conforme o temperamento da pessoa que está usando o produto. São cinco cores em tons pastel: "Temper", "Melancholy", "Clarity", "Vain" e "Lust". O conjunto custa 14 dólares. 

E Agora?
Olhe Nos Meus Lábios e Te Direi Quem Sou...