sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Cidade Maravilhosa!

"Planos Infinitos", fotografia digital de Claudine Dereczynski. "A Cara do Rio - da Minha Janela".
Como não amar esta Cidade?
Um Fim de Semana lindo como esta Foto.
E se der vá ver a Exposição Cara do Rio - da Minha Janela. Centro cultural dos Correios , Rua V. de Itaborai , 20.
E aproveitando a proximidade do Carnaval vai ai a letra da marchinha mais cantada no Brasil inteiro.

Cidade Maravilhosa

Cidade maravilhosa,
Cheia de encantos mil!
Cidade maravilhosa,
Coração do meu Brasil!
Cidade maravilhosa,
Cheia de encantos mil!
Cidade maravilhosa,
Coração do meu Brasil!
Berço do samba e das lindas canções
Que vivem n'alma da gente,
És o altar dos nossos corações
Que cantam alegremente.
Jardim florido de amor e saudade,
Terra que a todos seduz,
Que Deus te cubra de felicidade,
Ninho de sonho e de luz.
Composição: André Filho

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Amanhã Melhora.

Estes dias ando meio sem graça, vontade de não fazer nada, entrar de férias como antigamente todo o meses (janeiro e fevereiro) passava a mão na cambada e ia...
Estou com crise de abstinência, saudades do não fazer nada, nada mesmo. Comida, roupa lavada e muito “pensar na morte da bezerra”, conhecem esta expressão? É quase como “viajar na maionese”.
É exatamente isto que está acontecendo estou “viajando na maionese”, pow!  Acabo de voltar a terra, pois o dever me chama.
Boa Noite, tchau, até logo!
Amanhã eu devo estar totalmente de volta!
Procurando uma figura na net para ilustrar estas bobagens que escrevi, encontrei este Poema que diz como me sinto.

Teriam as mãos de Deus ao barro a vida ousado




















a solidão
já não me incomoda, não!
com muita paciência
dei-lhe poesia a beber
em algumas gotinhas de compreensão
em cálice meio de inteligência
e o resto
eu enchi de imaginação!...

nem imagina, como ficou linda a solidão,
essa tão desamada e difamada prostração,
pois ela é apenas esse oceano infinito, bonito,
onde posso navegar livremente
sem vento e nem vela
nessa caravela linda,
construída nu estaleiro mente.

a soledade?...
é na verdade a pauta em branco
de onde brota a melodia do seu coração,
é aquele silêncio aveludado que envolve a canção,
é o estado de espírito com que Deus criou o universo,
a folha de papel onde o moço esboça um verso
à namorada.
Você também, não vê nada!...
Não vê que é essa face rosada pedindo um beijo
num desejo de paixão?

Teriam as mãos de Deus ao barro a vida ousado
se o ânimo do ermo o não houvera lesado?
Não, e Não, e Não!

A solidão...
não esqueça o que lhe digo, meu amigo, meu irmão,
É bonita!
E só é feia fechando as portas à imaginação,
Contaminando de arrogância a inteligência,
Ou abrindo a fenda psíquica
da infrutífera ignorância!...

a solidão? é!...
Deixe-me só ir abrir-lhe a porta, Que ela já chegou!...
- Você está linda!
Seja bem-vinda!
Entre, Entre!
Um abraço!
Que emoção!...
- E um beijo para mim?
Não incomodo, Não?
- Bem... Incomoda um pouco, sim,
Mas só no meio da multidão!

Joa de Arievilo - Poeta Portugues



terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Preguicinha.

"De nada vale a pena se não tocarmos o coração das pessoas". 
Cora Coralina


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MEU CORAÇÃO É RUBRO NEGRO!

Deixa esta Taça de Bolinhas para lá.    
No coração da NAÇÃO você meu FLAMENGO é HEXACAMPEÃO!